Governo estuda implantação de distrito industrial em N. S. das Dores


| CM News |
Em

Foto: Ascom/Codise

Os diálogos em torno da implantação de um novo distrito industrial para Sergipe já estão em fase de articulação, trazendo suporte ao desenvolvimento econômico na região do Médio Sertão Sergipano. Trata-se de um projeto para o município de Nossa Senhora das Dores, que foi o foco de uma reunião entre a equipe da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise) e representantes do poder público municipal dorense.

O diretor técnico operacional da Codise, Abner Melo, esplicou melhor a proposta. “A proposta é que o novo distrito funcione como um vetor de industrialização e desenvolvimento para o município e adjacências, sobretudo no âmbito do agronegócio e da indústria terciária”, sublinhou Abner.

Representando o prefeito de Dores, Luiz Mário Pereira de Santana, esteve presente na reunião o vereador e advogado Fabrício Menezes. De acorco com o parlamentar, que é também líder do governo na Câmara Municipal, já está sendo finalizada a documentação de uma área para que o distrito seja instalado. “Buscamos a parceria com a Codise no intuito de garantir emprego e renda para nosso município. Já temos um terreno disponível, com área superior a 20 mil m², e pretendemos definir a partir dele as próximas etapas para que o projeto se torne realidade”, afirmou.

Distritos

Atualmente, Sergipe conta com cinco distritos industriais, localizados nos municípios de Aracaju, Estância, Propriá, Nossa Senhora do Socorro e Itabaiana. Possui também 15 núcleos industriais e de serviços, com infraestrutura pouco menor que a dos distritos, porém, adequada para instalação de novos negócios. Todos esses espaços trazem suporte ao projeto de interiorização da indústria desenvolvido pelo Governo de Sergipe, que tem o propósito de expandir o desenvolvimento industrial sergipano para além do eixo da Grande Aracaju.

Agência Sergipe de Notícias