Crediamigo alcança marca histórica de R$ 400 milhões em Sergipe


| CM News | Fonte: Ascom/BNB
Em

Crediamigo alcança marca histórica de R$ 400 milhões em Sergipe
No município da Barra dos Coqueiros, o restaurante de Vanuzia Marques também cresceu junto com a parceria entre a microempreendedora e o Banco - Imagem: Divulgação

Microempreendedores dos municípios sergipanos registram ampliação na contratação de financiamentos, por meio do programa de microcrédito urbano do Banco do Nordeste, o Crediamigo. O programa superou a marca de R$ 400 milhões em desembolsos, no período de janeiro a outubro. O total, superior ao valor registrado em todo o ano anterior, é resultado do trabalho de 21 unidades do Crediamigo em Sergipe. Em 2020, o montante foi de R$ 394,6 milhões desembolsados. E na comparação com o mês de outubro do ano passado, o crescimento é de 25%.

Mais de 113 mil microempreendedores são atendidos pelo programa em todo o território sergipano. Em 2021, eles recorreram a mais de 166 mil operações de microcrédito para empreendimentos dos setores de comércio, serviços e indústria. Segundo o gerente de negócios José Alysson Torres, a proximidade com os clientes, o direcionamento eficiente do crédito e o estímulo no uso das redes sociais contribuíram para o resultado.

“Diante do cenário de pandemia, nossas equipes tiveram que se reinventar para manter o compromisso de fomentar as atividades produtivas, gerar renda e oportunidades de negócios. Sendo assim, a nossa principal estratégia foi orientar o crédito, mostrar aos empreendedores novas formas de comercializar seus produtos e organizar suas finanças, além de intensificar a atuação na capital e região metropolitana, com forte ação em todos os municípios”, explica Alysson.

O gerente do escritório regional do Crediamigo, Ricardo Osório, reforçou o empenho de todas as equipes no alcance do marco histórico, impulsionado por todas as unidades, com destaque para as de Itabaiana, Lagarto e Estância, que se consolidaram com os maiores valores em desembolsos.

“Todas as unidades de Sergipe trabalharam fortemente para expansão da base de clientes. O mais importante não é o número em si, mas a certeza de que o Crediamigo contribui para a realização dos sonhos dos nossos clientes. Essa é a nossa principal missão”, frisa o gerente.

É o caso do microempreendedor Gabriel Vinicius Teles, que tem uma loja de roupas e acessórios em Nossa Senhora do Socorro, na Grande Aracaju. Com apoio do programa, ele superou momentos de crise durante os picos da pandemia. “O Crediamigo me ajudou a gerir meu negócio e me deu ‘fôlego’ durante o período que passei de portas fechadas. Ele também foi um grande incentivador desde o momento que abri meu comércio, por isso a ajuda do Banco sempre é essencial na minha vida”, afirma Gabriel.

No município da Barra dos Coqueiros, o restaurante de Vanuzia Marques também cresceu junto com a parceria entre a microempreendedora e o Banco. Agora ela conta com um quadro de 16 funcionários. “Graças a Deus, meu negócio está dando certo. Desde o início e até hoje, o Crediamigo tem nos ajudado na expansão do restaurante. É bom porque gera emprego e renda para todo mundo”, comemora a microempreendedora.

O gerente de negócios José Alysson reforça que as equipes mantêm foco no planejamento anual, para atender às necessidades do empreendedor na área de atuação do Banco do Nordeste. “Temos o desafio de continuar crescendo e fortalecendo o nome do Crediamigo, gerando impacto direto na melhoria das condições de vida de milhares de famílias sergipanas e contribuindo para o desenvolvimento regional”, conclui.

Compartilhe :