Comerciantes avaliam capacitação para novo Ponto do Caranguejo


| CM News | Fonte: Agência Aracaju de Notícias
Em

Comerciantes avaliam capacitação para novo Ponto do Caranguejo
Imagem: Felipe Goettenauer / PMA
A possibilidade de aprimorar os negócios, através de capacitação promovida pela Prefeitura de Aracaju, por intermédio da Empresa Municipal de Serviços Urbanos (Emsurb), tem gerado um impacto positivo entre os permissionários que comercializam no Ponto do Caranguejo, no mercado central Maria Virgínia Leite Franco.
A iniciativa, realizada em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SE), contemplou, nesta segunda-feira, 13, a oficina “Boas Práticas na Comercialização do Caranguejo”.
Participando pela segunda vez do encontro que, nesta ocasião, envolve conteúdos teórico e prático a respeito da higiene das instalações dos vendedores e produtos, além de manejo correto de resíduos, o comerciante Genisson Menezes de Jesus comentou que o treinamento está contribuindo com a sua rotina de trabalho.
“Estou aproveitando muito essa oportunidade ofertada pela Prefeitura e já sinto a diferença no meu negócio. Hoje meu rendimento no trabalho é outro e desde que passei a colocar em prática os ensinamentos aprendidos aqui já tenho, inclusive, recebido melhor os meus clientes”, destacou ele.
“Esse treinamento é uma experiência muito boa e vai ajudar na satisfação da nossa clientela e dos turistas que visitam o mercado. Além disso, vai contribuir com o aumento das vendas”, reiterou a permissionária Maria Edileuza Santos.
“Estou adorando essas palestras. Cada dia aprendo uma coisa diferente e nós comerciantes precisamos desses novos conhecimentos. A Prefeitura está de parabéns por ter nos proporcionado eventos desse tipo. Com certeza, estarei aqui no próximo encontro”, afirmou Isaías de Souza Cruz, que vende caranguejo há cerca de 30 anos.
Para a palestrante e consultora do Sebrae/SE, Ana Virgínia Dantas Figueiredo, a abordagem de temas como esse é de extrema importância para garantir a segurança alimentar, tendo em vista o tipo de atividade comercial praticada no Ponto do Caranguejo.
“As boas práticas devem abranger toda a cadeia, ou seja, nenhum elo deve ser deixado de lado, desde a produção até a etapa da comercialização. Por isso, a relevância desta oficina para que o produto possa ser vendido em condições saudáveis e sem contaminação até o consumidor final,  uma vez que o caranguejo é um crustáceo muito apreciado na culinária regional”, enfatizou Ana Virgínia.
“O nosso intuito é que o comerciante se formalize, enquanto microempreendedor individual, para que possa ter acesso, no futuro próximo, a diversos benefícios, entre eles a aposentadoria através da Previdência Social”, frisou o analista técnico do Sebrae, Max Amado.
O cronograma elaborado pelo Sebrae, para os próximos circuitos de palestras, cursos e oficinas, abrange orientações sobre educação financeira, empreendedorismo, marketing, formação de preços, técnicas de vendas, planejamento e organização no processo de comercialização e atendimento ao cliente.
De acordo com a empresa municipal, a qualificação vem sendo implementada de forma presencial, em dias específicos, e segue até dezembro.
Compartilhe :