Ciência e Inovação: Governo e Fapitec injetam R$ 8 milhões em incentivos em 2021

Recursos foram concedidos por meio de 11 editais lançados durante o ano, voltados a pesquisadores e profissionais de ramos diversos

| CM News | Fonte: Núcleo de Desenvolvimento SE
Em

Ciência e Inovação: Governo e Fapitec injetam R$ 8 milhões em incentivos em 2021
Imagem: Núcleo de Desenvolvimento SE

O Governo de Sergipe, por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado (Fapitec/SE), vem apostando cada vez mais em seu papel de fomento a projetos e agentes nas áreas de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I). Através de diversos editais, a Fapitec vem oferecendo suporte a pesquisadores e profissionais de diferentes áreas e níveis de formação, injetando o total de R$ 8.087.600,00 em incentivos financeiros somente em 2021.

Ao longo do ano, 11 editais foram lançados pela Fapitec. No momento, quatro encontram- se em aberto, somando mais de R$ 5 milhões em recursos. Além destes, outros sete editais estão em andamento, que totalizam um valor superior a R$ 2,9 milhões investidos. O número de editais publicados em 2021 supera tanto em quantitativo quanto em recursos o de 2020, quando foram lançados pela Fundação três editais totalizando R$ 2,25 milhões em incentivos.

Para o diretor-presidente da Fapitec, Ronaldo Guimarães, os investimentos representam um suporte estratégico neste momento de retomada frente às dificuldades impostas pela pandemia. “Em 2021, o Governo de Sergipe, a Fapitec e seus parceiros puderam trazer suporte a ramos que sofreram de forma significativa pela pandemia. As áreas de ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo foram algumas das mais afetadas. Felizmente, os editais lançados durante o ano puderam cumprir a função de proporcionar uma via de oportunidade e projeção, que com certeza irá se transformar em soluções reais para a sociedade”, destaca.

Recursos

Entre os 11 editais lançados em 2021, quatro contam com a parceria da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), que contribuiu com mais de R$ 2,4 milhões em incentivos. Os editais lançados junto à Seduc dirigem-se ao desenvolvimento de projetos científicos e tecnológicos e de políticas educacionais voltadas à rede estadual de ensino, além de incentivos à realização de feiras e olimpíadas escolares.

A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), foi mais uma das parceiras da Fapitec, participando do Programa Centelha/SE II. Foram R$ 900 mil aplicados pela Finep neste edital, somados a R$ 300 mil de contrapartida estadual, via Fundo Estadual de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (Funtec). O Funtec, administrado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedetec), disponibilizou mais de R$ 4,7 milhões em investimentos em editais durante 2021.

Para o secretário da Sedetec, José Augusto Carvalho, os editais reforçam o compromisso do Governo de Sergipe com o incentivo à pesquisa, à inovação e ao empreendedorismo. “Os editais conduzidos pela Fapitec viabilizam de forma técnica e material que boas ideias possam sair do papel. São conhecimentos que saem das escolas, das universidades e das salas de reuniões, por meio dos editais, para se transformar em ações que beneficiam a sociedade em diversos aspectos”, salienta.

Compartilhe :