Governo do Estado participa de audiência pública para a apresentação do projeto Gasoduto Terminal Sergipe, em Santo Amaro das Brotas


| CM News |
Em

O Governo do Estado participou na última semana da Audiência Pública de apresentação do empreendimento Gasoduto Terminal Sergipe e instalações acessórias, que tem como objetivo a interligação do Terminal de Armazenamento e Regaseificação de Gás Natural Liquefeito (GNL) das Centrais Elétricas de Sergipe S/A (CELSE) à malha de transporte de gás da Transportadora Associada de Gás S.A. (TAG). O evento foi realizado na Escola Municipal Aloísio Gonzaga da Silva, localizada no centro do município de Santo Amaro das Brotas/SE.

 

Durante a audiência foram apresentados aspectos técnicos do projeto e o Estudo de Impacto Ambiental (EIA), elaborado de acordo com as especificações requeridas pela Administração Estadual do Meio Ambiente (ADEMA), com o intuito de informar a população local e esclarecer dúvidas que surgirem a respeito das atividades que serão realizadas na região pela TAG.

 

A implantação do gasoduto de 25km, que cruzará os municípios de Barra dos Coqueiros, Santo Amaro das Brotas e Rosário do Catete, possibilitará a conexão de novos agentes ao sistema integrado de transporte, contribuindo com o aumento da capacidade e disponibilidade de gás natural na região Nordeste do Brasil. “Conseguimos convencer as duas empresas sobre a importância dessa interligação e tenho certeza absoluta que fizemos a coisa certa não só para Sergipe, mas para todo Brasil”, declarou o secretário de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia, José Augusto Carvalho.

 

Além da conexão de novos agentes, a implantação do gasoduto significa um avanço no processo de abertura e expansão do mercado de gás natural no país. “Sergipe terá uma nova fonte de suprimento de gás, que não estava conectada, estava atendendo apenas uma termoelétrica, e que poderá atender outros estados e todo mercado sergipano, abrindo a possibilidade de suprimento de gás para empresas que queiram se implantar nas imediações do gasoduto e ampliando a área de atendimento da SERGAS nos municípios de Barra dos Coqueiros e Santo Amaro das Brotas”, pontuou o superintendente executivo da Sedetec, Marcelo Menezes.

 

De acordo com o diretor Comercial e Regulatório da TAG, Ovídio Quintana, o projeto do Gasoduto Terminal Sergipe e instalações acessórias respeita todas as orientações da ADEMA. “É um projeto equilibrado, com estudos realizados por uma empresa local, sob orientação da agência regulatória. Todos esses potenciais impactos serão mitigados como muita responsabilidade social. Essa é uma etapa da audiência pública é importante para o cumprimento do debate com a sociedade de apresentar e escutar para construir esse caminho em conjunto”, afirmou.

 

Expectativa

 

Morador da Barra dos Coqueiros, Robério Manoel da Silva trabalha com pesca há 34 anos. Ele participou da audiência e comentou quais são suas expectativas com a implantação desse empreendimento. “Não só eu, mas todos que estão presentes esperamos que esse projeto crie emprego e renda para a região, contudo que não provoque um impacto no meio ambiente”, disse.

 

A previsão é de que os trabalhos tenham início em novembro deste ano, e que no início de 2024, o gasoduto já esteja em plena operação comercial. De acordo com o Gerente de Projetos Industriais da Tag, Marcos Moura, a intenção é contratar mão de local, gerando emprego para a população e auxiliando na economia do estado. “Temos uma expectativa de geração de obra, no pico dos trabalhos, de algo em torno 380 pessoas operando no projeto. Estamos priorizando a mão de obra local, bem como a prestação de serviço localmente”, informou.