Brenno Barreto assume Diretoria Técnica do Sebrae e fala sobre desafios e projetos


Marcela Gusmão | CM News |
Em

Brenno Barreto fala sobre a importância do cargo de Diretor Técnico do Sebrae-SE e dos desafios da gestão
Imagem: JL Política

No último dia 26 de maio, o empresário Brenno Barreto foi escolhido como novo Diretor Técnico do Sebrae-SE. Barreto já teve, em sua carreira profissional, passagens pela Câmara dos Diretores Lojistas de Aracaju (CDL) como presidente, cargo mais recente, e como conselheiro de diversos órgãos como o próprio Sebrae-SE, a Fundação Municipal do Trabalhador (Fundat) e da Secretaria Municipal da Fazenda (Semfaz), dentre outros. 

Em entrevista ao Caderno Mercado, o empresário falou sobre a relevância do cargo e os desafios que deve encontrar ao longo da sua gestão, que vai até 31 de dezembro de 2022.

CM – Qual a importância do cargo de Diretor Técnico do Sebrae?

BB – O Diretor Técnico é o interlocutor entre o Sebrae, que realiza um atividade meio, e o empresariado, que realiza a atividade fim. Meu papel é o de facilitador para que a missão do Sebrae de preparação, através dos cursos, treinamentos e viabilização de novos negócios, chegue à ponta, ou seja, ao empresário. Principalmente, aos micro e pequenos empresários que correspondem, hoje, a 90% do cliente Sebrae. 

CM – De que forma você acredita que pode contribuir para a sua gestão?

BB – Pelo fato de eu também ser empresário e já ter na veia todo o entendimento e compreensão da necessidade do empresariado local, meu objetivo será somar a minha experiência e conhecimento ao Sebrae-SE para suprir a necessidade do lojista sergipano, principalmente nesse momento de pandemia, onde os desafios são maiores.

CM – Como será esse início de mandato como Diretor Técnico?

BB – Neste primeiro momento, o mais importante é ouvir. Então, estou aproveitando para me apresentar para toda a equipe e realizar visitas a todos os escritórios regionais do Sebrae-SE. Já visitei o de Lagarto e pretendo visitar os outros quatro escritórios regionais nas próximas semanas. Através destas visitas, eu terei uma maior noção das dificuldades que cada região tem enfrentado e, assim, eu poderei minimizar essas barreiras e atender cada município. Farei este levantamento com a finalidade de me munir de informações para mitigar novas melhorias para os micro e pequenos empresários de Sergipe. 

CM – Qual o maior desafio que você acredita que vai enfrentar no cargo?

BB – Será o de dar mais celeridade aos pleitos feitos pelos micro e pequenos empresários diante da grave crise econômica que estamos vivendo em decorrência da pandemia do Covid-19. É preciso lutar contra o tempo nesse momento e dar mais agilidade aos processos. 

 

Leia também: Brenno Barreto é o novo diretor técnico do Sebrae/SE

Compartilhe :