Melhores horários para comprar na Black Friday


| CM News | Fonte: Promobit
Em

Melhores Horários para Comprar na Black Friday
Imagem: Freepik

Se você espera até a meia noite para aproveitar as melhores ofertas da Black Friday, há duas notícias para você, uma boa e outra ruim. As lojas ainda esperam à 0h de sexta-feira para soltar um grande número de promoções, no entanto, isso representa menos de 1/3 das ofertas que aparecem após às 18h de quinta. Isso de acordo com o estudo realizado pelo Promobit, plataforma especializada em promoções e descontos.

Para chegar nesse valor, a plataforma avaliou os horários em que são postadas mais ofertas “de verdade” nos últimos 3 anos e conseguiu identificar essa tendência dos anúncios de começarem bem antes da meia-noite.

“Antecipar as ofertas mais agressivas é uma estratégia usada por muitos varejistas para garantir a venda em um momento com menos concorrência. Inclusive, aqui no Promobit, nós consideramos como Black Friday o período que vai de quinta-feira a partir das 19h até o fim de segunda-feira, pois também é comum aparecerem promoções durante o fim de semana, terminando somente no Cyber Monday ”, explica Fabio Carneiro, CEO do Promobit.

Se na véspera é possível prever melhor quando apareceram as promoções, na sexta a concentração de anúncios varia bastante de um ano para o outro. Enquanto em 2019 houve uma distribuição bem proporcional com bem menos ofertas que na virada, em 2020 existiu um grande volume entre 10h e 15h, com picos próximos à meia-noite.

Carneiro explica que a sexta depende bastante dos resultados de vendas entre às 18h de quinta e 01h de sexta-feira, que é “horário de ouro” da Black Friday. “O período mais forte costuma ser de quinta para sexta de madrugada, mas a quantidade e a qualidade das promoções variam de acordo com a estratégia e os resultados alcançados, que são acompanhados e refinados constantemente durante o evento”.

O estudo também revelou que essa tendência varia bastante entre os diferentes tipos de produtos. Na categoria de moda, que foi considerada a mais desejada em pesquisa realizada pelo próprio Promobit com mais de 5.000 brasileiros, os consumidores podem até mesmo ir dormir mais cedo. Para roupas e calçados femininos, o pico acontece às 21h de quinta, podendo se estender até às 22h e voltando a ter picos às 21h de sexta.

Já na categoria roupas e calçados masculinos, em 2020, o movimento seguiu quase idêntico ao feminino, mas em 2019 os maiores picos foram às 11h de quinta e à meia-noite. Por via das dúvidas vale entrar de manhã e voltar às 21h.

Quando o assunto é smartphones, há um movimento parecido com o geral, mas com maior concentração entre 23h de quinta e 02h de sexta. Enquanto  isso, na categoria de informática, que compreende um número maior de produtos, incluindo PCs, notebook e periféricos, os horários de pico podem variar mais, porém, ainda sim, o intervalo entre 19h de quinta e 02h de sexta possui boa concentração de ofertas.

Já quem procura por uma nova TV, fone de ouvido ou caixa de som, terá maiores chances de encontrar a promoção que busca durante a virada de quinta para sexta, mas recomendamos já entrar às 22h. No caso de eletrodomésticos, o estudo percebeu uma maior distribuição entre as ofertas que aparecem entre quinta e sexta. Houve picos durante a meia-noite, mas esse pode ou não ser o melhor horário.

Games aparece como a categoria mais “imprevisível” podendo ou não ter picos à meia-noite, concentrar mais promoções na quinta ou então na sexta.

 

Leia também: Grandes varejistas sentem impacto da inflação

Compartilhe :