Lia Line fará investimento de R$ 15.000.000,00 no interior sergipano


Tiago Oliveira

Tiago Oliveira
Jornalista; Gestor Público; atuou como Assessor de Comunicação da Justiça Federal em Sergipe e, atualmente, na Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe (Codise). Acompanhe no Linkedin https://www.linkedin.com/in/tiagondeoliveira/

Carira é mais um município brasileiro do Estado de Sergipe, que sofre com a escassez, quando falamos de escassez não estamos nos referindo apenas de água, bem indispensável para fazer crescer o milho, principal produto da região, mas também de empregos e de oportunidades para o povo. Para se ter uma ideia, conforme dados do (IBGE 2015), no município, ondem residem 21.842 pessoas, a população de pessoas ocupadas é de apenas 1.732. Se considerarmos que o censo foi feio no ano em que a fábrica da Azaleia fechou, pode-se presumir que nesse montante temos uma defasagem de cerca de 650 empregos.

Por isso, não é modéstia afirmar que a região conquistou uma grande vitória ao atrair para a cidade de Carira um investimento de dez milhões de reais com a instalação de uma nova fábrica de calçados para a cidade. Ainda no primeiro semestre de 2018, um novo empreendimento industrial será instalado na região oeste, gerando diretamente cerca de 600 empregos diretos em um empreendimento do ramo calçadista. A instalação da empresa é mérito do Governo do Estado de Sergipe, através da Secretária de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, SEDETEC, e da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Sergipe, CODISE, em uma ação conjunta, em prol do desenvolvimento do Estado e do Município de Carira.

Para quem não conhece a empresa, a Lia Line é uma indústria focada no mercado calçadista, produz calçados femininos com materiais nobres, design moderno e atenção voltada aos mínimos detalhes. Com experiência de mais de vinte anos, a empresa possui diversas fábricas no interior da Bahia, onde cria produtos com as principais tendências de moda internacionais.

A primeira unidade da indústria no estado de Sergipe irá ocupar um galpão de quatro mil metros quadrados, onde funcionava a Azaleia, localizado no Município de Carira, que hoje está instalada no Município de Frei Paulo e gera mais de 1.200 empregos para a região. O prédio é de propriedade da CODISE e será alugado com valor subsidiado a fim de tornar a cidade mais competitiva para o setor industrial. Além do incentivo locacional, o Estado ofereceu incentivo fiscal, através do Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial, PSDI, seguindo as normas da Lei 3.140/1991.

Além dessa unidade, a empresa já planeja a instalação de uma segunda no município de Ribeirópolis. Lá, pretende investir mais cinco milhões de reais e gerar mais 400 empregos diretos. Nessa segunda unidade a empresa pretende ocupar um galpão de pouco mais de dois mil metros quadrados.

Sem dúvida, uma grande conquista para a cidade e para a região essa é a melhor notícia do ano.

Anterior E-commerce brasileiro espera faturar R$ 69 bi em 2018
Próximo Banco do Nordeste recebe inscrições para prêmio de jornalismo

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *