Indústria de cosméticos em Sergipe gera cerca de 100 empregos por meio do PSDI


Sergipe conta com uma grande diversidade de indústrias, muitas delas, com uma longa trajetória no estado. Assim é a empresa sergipana TOK Cosméticos, fundada há 20 anos e instalada no Distrito Industrial de Nossa Senhora do Socorro (DIS). Atualmente, a empresa possui uma linha de produção com aproximadamente 80 produtos, entre shampoos, condicionadores, cremes de pentear e corporais, removedores, óleos e sabonetes, gerando cerca de 100 empregos diretos e indiretos.

O empresário e diretor comercial Domingos Luiz, conhecido como ‘Pingo’, lembra que na época da fundação da empresa, procurou o Governo do Estado e conheceu o Programa Sergipano de Desenvolvimento Industrial (PSDI) e, através dele, obteve incentivos fiscais e locacionais para concretização do seu negócio. “Compramos o terreno subsidiado e construímos o galpão onde funciona toda nossa logística de produção. Se não fosse o PSDI nós já tínhamos ido embora para outro Estado, ou não tínhamos continuado no ramo. Hoje em dia o empresário não sobrevive sem o PSDI, por isso, é importante essa ajuda do Governo”, aponta.

Os estados da Bahia, Sergipe, Alagoas, Ceará, Amazonas e Acre são os que mais consomem os produtos da marca. Nos últimos meses, os produtos estão sendo inseridos também no mercado de Pernambuco e Paraíba. Além disso, a empresa já exporta para Colômbia e China. “O nosso carro chefe é o kit de shampoo e condicionador, além da selagem de fio capilar, que é muito procurada”, completa Pingo.

Mão de obra local

A criação da TOK Cosméticos foi um sonho de infância, realizado por Pingo e seu amigo, Luciano Moreira, que é sócio, químico responsável e diretor de produção da fábrica. Luciano ressalta que a amizade de infância foi fundamental para a concretização desse sonho. “Queríamos ter uma fábrica e principalmente privilegiar o comércio local, pois víamos que não havia sentido colocar um Parque Industrial e não contratar mão de obra regional também”, conta. Ele completa que sempre que necessita de funcionários com capacitação,  busca através do sistema S.

O funcionário Wesley Santos, que já trabalha há dez anos na Tok, relata que é gratificante estar em uma empresa que é oriunda do próprio estado, que fica próxima à sua casa e que disponibiliza boas condições para os funcionários. “É muito bom poder contribuir na produção de uma indústria que você gosta de trabalhar, e que que muita gente usa os produtos”, ressalta.

 

 

Fonte: ASN

Anterior Tecnologia auxilia alunos a empreender através de aplicativo que foca na saúde mental
Próximo Grupo Tiradentes apresenta novo superintendente geral

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *