Google amplia estratégia de voz no Brasil com Nest Mini


O Google anunciou nesta segunda-feira, 11, o lançamento do Nest Mini no Brasil. A caixa de som inteligente é a materialização física do ecossistema do Google Assistente, que é a ferramenta de comando por voz da companhia. O produto estará disponível para venda em diversas varejistas a partir da terça-feira, 12.

“O Nest Mini é mais uma porta de contato com o ecossistema completo do Google Assistente”, afirma Maia Mau, head de marketing de hardware no Google Brasil. A executiva explica, entretanto, que não haverá campanha publicitária do lançamento do produto no momento. A única ação neste sentido será um showroom de sala conectada no shopping Pátio Higienópolis. O valor de varejo do Nest será de R$349,00.

Em maio deste ano, o Google apresentou a Casa Conectada, projeto que apresentou as múltiplas funções de um assistente em uma residência inteligente. Na ocasião, foi anunciada uma parceria com a fabricante de equipamentos eletrônicos JBL. Globalmente, o Google possui mais de um milhão de ações disponíveis para casas conectadas e 30 mil produtos compatíveis, de 3,5 mil marcas.

No início do mês passado, a Amazon lançou uma linha de caixas de som Echo, integradas com a Alexa, assistente de voz da empresa. Para o lançamento, a companhia divulga uma campanha nacional criada pela WMcCann em televisão aberta. Em conteúdo, o Google realizou parcerias com mais de 20 veículos jornalísticos que disponibilizarão boletins de notícias diários aos consumidores. Já na parte de integração com outros produtos, a empresa realiza parcerias com fabricantes de utensílios domésticos, como televisores ou lâmpadas, por exemplo.

A expectativa da empresa é que o mercado de caixas de som inteligentes atinja US$31,7 bilhões até 2021. Em 2018, foram US$8 bilhões. E a vantagem competitiva da empresa neste sentido, explica Maia, é a possibilidade de integração entre todo o ecossistema de voz, incluindo smartphones, carros conectados e caixas de som – além dos fabricantes parceiros.

 

Fonte: Meio&mensagem

Anterior Startup torna acessível inteligência artificial capaz de aumentar 30% das vendas no e-commerce
Próximo Novo tipo de ataque cibernético roubou R$ 100 milhões de investidor nos EUA

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *