Facebook passa a ter reconhecimento facial desativado por padrão


O Facebook aplica reconhecimento facial nas fotos por padrão. Quando o recurso é ativado, a rede social notifica o usuário se alguém publicar uma foto com ele, mesmo que não tenha sido marcado. Em seguida, é possível marcar a si mesmo, permanecer sem marcação ou denunciar a foto, se assim desejar. Agora, no entanto, a empresa vai inverter a situação: o recurso passará a ficar desabilitado para todos os usuários e você terá a opção de ativá-lo apenas se você quiser por questões de privacidade.

O reconhecimento facial foi introduzido para todos os usuários do Facebook em dezembro de 2017. A partir das próximas semanas, a rede social vai enviar um aviso no seu Feed de notícias, dando a opção de ativar a função no seu perfil. Caso escolha por não configurar, o reconhecimento de rosto não será ativado. Novos usuários também terão o reconhecimento facial desativado por padrão.

As sugestões de tags, que permitem decidir se seus amigos verão uma sugestão para marcar você em uma foto, serão substituídas pela nova configuração do reconhecimento facial. Ela expande as sugestões de marcação oferecidas, mas também afirma mais explicitamente que o reconhecimento facial está sendo realizado nas fotos enviadas para o Facebook.

O Facebook teve problemas legais no passado por não divulgar suas práticas de reconhecimento facial. Em agosto, a empresa perdeu um recurso na Justiça depois que os tribunais descobriram práticas de coleta e armazenamento de dados biométricos sem o consentimento do usuário. Mark Zuckerberg pode ter que pagar bilhões de dólares se perder o caso.

Fonte: The Verge

Anterior Empresa que promete ganho diário de até 2% com bitcoin é investigada
Próximo Programa Nexos abre inscrições para desafios da GreyLogix, Iguatemi, L’Oréal e Qualidados

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *