EUA devem impor tarifas adicionais a importações da União Europeia


Os Estados Unidos (EUA) pretendem impor à União Europeia tarifas adicionais de até 25%. Esta é a medida mais recente em decorrência da disputa comercial sobre aeronaves.

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou, nessa quarta-feira (2), que os Estados Unidos prossigam com as medidas retaliatórias.

As novas taxas devem cobrir até US$ 7,5 bilhões de importações da UE.

Washington argumenta que subsídios ilegais da União Europeia para a fabricante de aeronave Airbus, sediada na França, estão impedindo uma competição justa com a Boeing, nos Estados Unidos. A OMC apoiou o argumento em maio de 2018.

Regras da organização estabelecem que os requerentes que apresentam queixas podem adotar contramedidas, caso o outro lado não tome uma medida corretiva.

Washington diz que vai impor as tarifas extras de até 25% em produtos agropecuários e de 10% para aeronaves da UE. As medidas entrarão em vigor a partir do dia 18 de outubro.

A União Europeia está planejando uma reação. O bloco prepara tarifas retaliatórias sobre importações americanas. A medida viria depois de a OMC ter confirmado seu argumento de que Washington estaria oferecendo subsídios ilegais à Boeing.

Os Estados Unidos também estão considerando impor taxas adicionais para carros de países europeus e outras localidades.

Anterior Sete passos para implantar a diversidade em sua empresa
Próximo Pedido de remédio à base de canabidiol pode ser feito pela internet

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *