Casal conecta agricultores familiares a grandes empresas


Daiana e Alexandre Leripio, da Sumá (Foto: Divulgação)

O engenheiro agrônomo Alexandre Leripio (na foto com a esposa e sócia, Daiana), 49 anos, trabalhou durante 20 anos capacitando agricultores junto ao Sebrae.

Percebi que as maiores dificuldades recaíam na comercialização, por conta dos intermediários”, diz Leripio.

Para resolver o problema, criou a Sumá, que conecta agricultores familiares a grandes clientes.

A startup com sede em Balneário Camboriú (SC) treina agricultores para adaptar a produção às exigências dos compradores (peso específico, produtos sem agroquímicos etc).

Dessa maneira, conseguem vender para hotéis, restaurantes e pequenas indústrias com refeitórios. “Hoje, temos 1,8 mil agricultores cadastrados na plataforma”, diz.

“Minha preocupação é garantir o preço justo e, assim, solucionar um dos gargalos do agronegócio”, diz.

 

Finte: PEGN

Anterior Petrobras paga US$ 682 milhões em acordo com Ministério Público
Próximo Livro em rolo proporciona diversão e aprendizado à criançada

Não há comentário

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *